A colaboração dos animais nos processos de cura e de acompanhamento de pessoas enfermas

Resumo: Este trabalho busca apresentar a importância dos animais na melhoria da saúde física e emocional de pessoas enfermas. Acredita-se que os animais possam contribuir para melhorar o estado de humor de pessoas doentes, tal como as que sofrem de depressão. Nos últimos anos, pesquisas científicas têm revelado cada vez mais benefícios na interação entre humano e animal, de modo que essa convivência pode se transformar em um verdadeiro remédio. No Brasil, a técnica, reconhecida pelo Conselho Regional de Medicina como TAA (Terapia Assistida por Animais), é popularmente conhecida como pet terapia ou zooterapia. No caso dos cavalos, o nome usado é equoterapia. A vinculação humana com bichos de estimação acrescentou um novo tipo de relação com complexidade e características próprias, sendo que povos de diferentes culturas mantêm vínculos afetivos com essas espécies, sugerindo a importância de animais para as relações humanas. Além disso, diversos estudos também evidenciam o potencial da participação de animais em situações clínicas. Devido a isso, O presente trabalho tem como objetivo avaliar as mudanças de comportamento e melhora de quadros de enfermidades entre crianças e adultos após contato sistemático com animais.
Palavras-chave: Animas
, Colaboração
, Enfermidade
, Auxílio

Estudante (s) pesquisador (es)

Sophia Barros do Rosário
Série: 6º ano

Orientadores(as)

JULIANA CRISTHINA MURARI ASSUNÇÃO