Análise do aumento da desigualdade social por conta da COVID-19

Resumo: A pandemia foi declarada no começo do ano de 2020 por conta da COVID-19, trazendo consigo a necessidade do isolamento social. Este foi implantado devido à alta taxa de contaminação e, não necessariamente, por causa da gravidade da doença. Assim, há dois grupos: os que seguem as orientações da OMS (Organização Mundial da saúde) e os que não seguem. Durante a pandemia, muitas pessoas foram demitidas por serem do grupo de risco, tal como idosos, diabéticos e pessoas que apresentam doenças pulmonares. Outros fatores que ocasionaram as demissões foi a própria questão financeira das empresas que, estando fechadas, não conseguiam lucrar suficiente para pagar os funcionários. Em uma época em que muitos precisam ficar em casa, o consumo e a produção de bens materiais caíram. Em decorrência disso, neste trabalho busca-se refletir sobre o agravamento da desigualdade social gerada pela Covid-19.
Palavras-chave: Desigualdade social
, Pandemia
, COVID-19
, Isolamento social.

Estudante (s) pesquisador (es)

Letícia Mayumi Ehara
Série: 9º ano

Orientadores(as)

JULIANA CRISTHINA MURARI ASSUNÇÃO